Skip to content

Educação

Os heróis de vendas em franquias

1 Dezembro 2021 por Bornlogic

Após o ano de 2020, com a crise da Covid-19, muitos problemas ficaram evidentes. Isso aconteceu tanto no mercado de varejo quanto em franquias. Um deles é sobre os esforços de marketing e o quanto franqueador e franqueado precisam unir forças, neste aspecto, para se tornarem os heróis de vendas nas lojas.

Este pode ser um debate desnecessário em muitos pontos. Mas, quando entramos no mérito dos investimentos em publicidade, então ele se torna importante. Porque é importante entender que a geração de demanda por meio de estratégias de divulgação é uma soma de esforços.

Como já diria o ditado popular…

A união faz a força! Em um primeiro momento, podemos pensar que qualquer ação de divulgação é de inteira responsabilidade da empresa detentora da marca. E isso é prejudicial, pois faz com que as franqueadas assumam uma postura de dependência neste sentido.

No geral, a marca cumpre o seu papel encaminhando material para ser usado pelas lojas. Estes podem ser encartes, folders e cartões digitais para serem usados nos mais variados esforços de mídia.

No entanto, são peças padrão da marca, usando apelos e ofertas nacionais, que não conversam com as necessidades regionais do franqueado. Aliás, durante a pandemia, este foi um dos principais gargalos: com as portas fechadas, os franqueados não tinham como trazer novos negócios para gerar receita.

Muitos apoiaram-se em estratégias da marca, trabalhando por meio da ativação de contatos de clientes que já estavam na base, com estratégias de pós-venda e relacionamento via WhatsApp e outras estratégias de marketing conversacional. Mas não eram, portanto, clientes novos.

Marketing e empoderamento local

Talvez você pense que não, mas esta foi uma problemática muito presente em várias lojas de franquia durante 2020. E a solução Bornlogic foi uma estratégia muito assertiva para todas as empresas que apostaram nela neste período.

Espalhe a notícia